26 maio, 2009

Sou Maria e me pergunto


Não tenho vaidade. Vá idade! Tudo tem sentidos, lados. Costumo dizer que até os lados tem seus lados.
Talvez eu fosse ao psicólogo, talvez eu fosse louca, talvez eu quisesse ajuda.
Eu leio mais que escrevo. Eu não falo de mim. Talvez eu falasse ao psicólogo. É interessante falar de psicologia, é bonito.
Eu não sei do que se trata, sei que é bonito.
Talvez eu queira falar, talvez eu não precise. E cá estou falando. Cá escrevo e talvez alguém leia.
Sou Maria e sou bipolar. Antes da metade do texto já terei me arrependido. Antes do fim já terei mudado. E termino sempre insatisfeita.
Insatisfação crônica. Sou Maria e sou insatisfeita.
Escrevo para me descobrir. Sou Maria e curiosa. Desatenta e esqueço fácil.
Esqueço o mal e esqueço o bem. Esqueço dor e alegria e esqueço que há coisas que não se esquecem. Eu não deveria esquecer e sei que me esquecerei.
Me esqueço de lembrar e fica tudo perdido no ar. Eu perco tudo e nunca mais encontro. Não gosto de procurar. Odeio respostas.
Não respondo, não justifico, não convenço. Sou Maria e não sou convincente.
Não tenho paciência. Não acredito em verdades. Prefiro as mentiras.
Prefiro não acreditar. Prefiro sofrer antes e sorrir depois. Meu psicólogo é meu texto. Talvez eu escreva para ler algo sobre mim depois.
Sou Maria e sou curiosa. Já disse isso. Sou repetitiva, sou enfática, sou cansativa e me canso fácil.
Me desgasto e me farto com muito pouco. Muito pouco. Tudo tem seus lados, o muito com seu lado pouco e pouco com seu muito. E tudo é engraçado.
Eu gosto de sorrir o quanto gosto de chorar. É tudo igual. São manifestações do espírito.
Sou Maria e gosto de chorar. Especialmente sem motivos. Choro em propaganda de celular. Vou chorar no dia dos namorados.
Toda Maria gosta de música. Posso programar o choro e ir dormir. Eu choro sempre na hora marcada.
Sou Maria e me atraso. Sou desleixada, desorganizada e me atraso. Sou irritante e irritável. Penso que a última hora é sempre a melhor. Tenho medo do tempo, tenho necessidade de controlá-lo. Eu determino o que eu faço e não o tempo. Templo.
Meu tempo tem sido outro.
Minha devoção é a impostura. Sou Maria e amo. Peco. Minha penitência é o amar. Amo mais e melhor. Não justifico meu amor. Não perco e não me encontro, eu apenas amo. Não respondo e nem pergunto. Amo.
Toda Maria diz que ama. Amor é bipolar. Amar é odiar no mesmo dia.
Eu aguardo meu julgamento e não quero ajuda. Eu tenho provas. Eu sou a prova contra mim mesma e confesso meus pecados.
Sou Maria e sei gritar. Sou Maria e sei falar. Sou Maria calada. Sou Maria e amo.
Sou Maria e escrevo. Eu amo escrever porque escrevo pra quem amo. Sou Maria e juro. Amo com juramento e juros, taxas e acréscimos sem base para seus cálculos. Não queira me avaliar, não tenho valor e sei fazer meu preço se preciso for. Sou de Maria e José não me pertence. Não tenho verdades, sou feita de mentiras.
Sou Maria e você, quem é?

12 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Glaucia,

Imagina se não esquecesse, como ficaria esse texto... ficou simplesmente lindo.

Eu? Eu sou Rebeca e meu sobrenome é amor.

Beijo grande, menina linda.

=]

-

Letícia disse...

Da forma como você escreveu, vou dizer que sou Maria também. E choro ao ver propagandas de celular porque aquela gente é tão bonita.

Muito bom, Glaucia. =)

Fátima Muniz - Caraguá disse...

Toda pessoa tem a sua verdade ainda que essa seja uma mentira! Sendo esta verdade confrontada, a pessoa nos mostra seu eu na integridade.Ex: ego ferido, resultado: eu exposto; Agradeço por revelares do que realmente é composto seu ser, adorei!Que continue a dar a vc e a todos os seus seguidores ou sonhadores a oportunidade de conhecer toda a constituição do seu espírito, é para isto, o tal do blog.Eu estou amando te "ver", e agora sim de verdade.Ah! Eu sou só uma humana!

Glaucia disse...

Oi, Fátima! Td bem, flor?

Que bom q vc gostou...era a intenção! Imagina, viu...não precisa agradecer...Maria é que agradece por vc ter gostado de conhecê-la..rs
Eu tento imitar a Letícia aí em cima, com os contos dela...as personagens dela...as "Marias" que leio por lá,mas não dá...a Letícia é perfeita! Já leu o blog dela? Fica a minha recomendação...a Maria foi inspiração vinda de lá...mas falta-me muito para o talento da Letícia!

Mesmo assim, fico lisonjeada com os comentários...Seja bem-vinda também!

Beijos *-*

Ana disse...

E eu sou Ana, que vou e volto, leio e penso, venho novamente, leio e descubro mais alguma coisa pra se pensar. Eu sou Ana e penso, penso sobre o que falo, sobre o que vejo, sobre o que quero e desejo. E essa Ana que sou simplesmente AMA este blog.
Bjos Glaucia, parabéns.

Fátima* * disse...

Oi Gláucia! Tudo bem estrelinha? Imagina eu é que fico lisonjeada de ter a sua atenção individualizada,para mim certamente é uma honra sonhar com vc através de seus escritos, espero que possamos trocar belas idéias, concordâncias ou divergências. Bem-vinda vc querida:)
Beijos, até +

Fernanda Luz disse...

Olá moça do blog com lindas palavras.

Somos todos seres que mistruamos emoções...fizemos coisas por impulso, choramos, vivemos!

Eu sou uma mistura de emoções e principalmente de mistura de sonhos...sonhos talvez que nunca se realizem...sonho mais do que vivo a realidade..pq desejo que a realidade vire sonho...

Abraçossss carinhosos.

Rodox disse...

Eu sou o Ariano torto e vivo de amor profundo. Também escrevo por aque amo e cada vez mais acredito no que faço, seu texto foi reflexivo. E de muita critividade, não sei como é ser maria, mas enfim te indiquei pro textlinks do meu blog que sai amanhã espero ver você por lá. Parabéns.

Clara disse...

...enfadonho, muita informação em um texto só,uma sugestão: menos é mais,compreendes!Talves algumas linhas são o suficiente o resto é possível imaginar, adivinhar é mais lúdico, até mais prazeroso. Mas continue tentando, vc tem alguma habilidade e poderá mais que isso,"coisa"...

Razek Seravhat disse...

Desculpe,sei que não é plágio, nem é exagero de minha parte, mas só consegui lembrar de Drumonnd. Agradecido por me fazer ler o que gostaria de ter escrito. Por fim, deixo um convite: querendo, retribua a visita... o endereço é lenitivocultural.blogspot.com

E mais uma vez obrigado.

Razek Seravhat

Razek Seravhat disse...

Desculpe,sei que não é plágio, nem é exagero de minha parte, mas só consegui lembrar de Drumonnd. Agradecido por me fazer ler o que gostaria de ter escrito. Por fim, deixo um convite: querendo, retribua a visita... o endereço é lenitivocultural.blogspot.com

E mais uma vez obrigado.

Razek Seravhat

Joatan Freitas disse...

Parabéns, achei excelente.