05 maio, 2017

Minha casa é um templo. 
Eu não sou. 
Eu sou apenas um tempo sem volta, que chega ao fim num dia nublado.

Um comentário:

Paixão disse...

Eu sinto que sou na maioria das vezes tempo que chega sempre atrasado...